Tudo o que você precisa saber sobre o PES 2018

Konami libera oficialmente as primeiras informações sobre o PES 2018, com direito a teaser e data de lançamento.

Pois é galera, diante de tanta especulação sobre o PES 2018, principalmente nos últimos dias, resolvi esperar as informações oficiais da Konami e ter uma impressão mais apurada dos fatos, para só depois fazer o post.

Não é de hoje que aprendi a esperar as informações concretas da Konami, para não ter que me justificar depois, por conta de um mal entendido ou informação mal divulgada.

Sem falar que fazendo dessa forma, acabo produzindo algo de forma mais consciente, não me deixando levar, apenas, pela euforia inicial.

Sendo assim, colocarei os pontos destacados pela Konami para o PES 2018, e tentarei colocar minha primeira impressão (em itálico) sobre tais pontos. Como falei, são só primeiras impressões, óbvio que só saberemos tudo que o jogo é de fato, quando estivermos com ele em mãos.

JOGABILIDADE DE PRIMEIRA CLASSE

A já mundialmente conhecida jogabilidade foi melhorada e refinada para recriar a autenticidade do futebol bem jogado, incluindo um ritmo de jogo mais realista.

Os dribles estratégicos dão ao jogador mais controle na posse de bola graças à adicção do sistema de proteção de bola, assim como os comandos para executar movimentos sutis e realistas para driblar os defensores.

O Real Touch+ leva o controle de bola a uma nova dimensão, com a possibilidade de dominar e controlar a bola com várias partes do corpo, o que acontece de acordo com a imprevisibilidade do movimento da bola.

As cobranças de bola parada foram reformuladas com novos sistemas de faltas e pênaltis, além da possibilidade de dar a saída de bola com apenas um jogador.

Apesar de achar a jogabilidade do PES 2017, a melhor que já joguei na vida, na minha opinião, fica óbvio que PES  também precisa evoluir neste quesito. 

Seja por conta de algumas falhas no motor de impacto, que acabam interferindo na sequência do lance. Ou até mesmo pela falta de liberdade em algumas jogadas, deixando a impressão da presença de alguns scripts pré-determinados. A Konami tem que melhorar a combinação jogador + bola, e transforma-la cada vez mais, em objetos independentes. 

E quando falo “independente”, me refiro aqueles lances onde mesmo a bola não estando na posse do jogador, dependendo de quem é esse jogador, fica quase nítido que no final da disputa de bola, ela voltará para o mesmo. Como se bola e jogador, fossem um só conjunto. 

Quem nunca entrou “valendo” num Ibraimovic, por exemplo, crente que sairia com a bola. Mas quando você percebe, o jogo acaba dando um jeito da bola resvalar, o “Ibra” mesmo caído no gramado, seu jogador acaba passando direto, e no final a bola termina em posse do “infeliz”?…rsrs. Pois é, esse tipo de coisa tem que acontecer cada vez menos. 

Mas devo confessar que fico feliz em ver a Konami citar o item “Dribles”, onde finalmente parece que teremos um incremento nesse quesito. 

Tomara que corrijam alguns dribles que mais acabam prejudicando a fluidez do jogo, como também, tornem mais eficientes os que já funcionam.

Mas ainda em relação a isso, vimos na citação, que teremos o retorno da proteção da bola. E estou curioso para ver como isso foi aplicado ao jogo. Pois isso, se mal programado, poderemos ter mais uma forma de “apelação”, principalmente usando os jogadores TOP. 

Mas a galera que já joga o PES, deve está lembrada que já tivemos esse recurso em outras versões. Mas como falei, fico com certo receio de me deparar com a situação de enfrentar um Aubameyang (principalmente evoluído), e vê-lo levar a bola até o gol, com base nessa proteção de bola. 

Por outro lado, se bem aplicado, vai ser sensacional. Pois estamos falando de um recurso muito comum no futebol, e que faz toda a diferença na mudança de ritmo da partida, quando se faz necessário. 

O Real Touch+ parece ser outra melhoria interessante, e tomara que esse sinal de “plus” (+), de fato traga maiores possibilidade de jogadas, sem falar na maior veracidade dos lances. A possibilidade de dominarmos a bola com mais partes do corpo, ou até mesmo a dificuldade de domina-la em função dessas possibilidades, quando bem aplicada pela Konami, promoverá grande diferença na jogabilidade. 

Outra coisa que também me deixou muito curioso foi essa reformulação no sistema de bolas paradas (faltas e pênaltis). Mesmo depois da Fox Engine, onde tivemos uma melhora nesse quesito, ainda necessitamos de maior liberdade na hora de chutar, como também defender. 

Pelo o que tenho visto nos mais de 20 anos jogando futebol digital, percebo que esse é um dos principais desafios, tanto para Konami, como para EA. E tomara que a Konami tenha acertado dessa vez. 

Pra fechar esse tópico, entendi que todas as modificações e ajustes propostos pela Konami, para a melhoria da jogabilidade, parecem ter uma ligação entre si. E se essas combinações tiverem uma boa interação, PES 2018 terá uma jogabilidade nunca antes vista.

UMA NOVA REALIDADE VISUAL

Visuais realistas recriam a autenticidade dos estádios de futebol até os mínimos detalhes graças à tecnologia Real Capture.

As inovações incluem efeitos de luz para o dia e para a noite incrivelmente reais e estruturas como os túneis do Camp Nou e do Signal Iduna, que foram recriados com a coleta de mais de 20.000 dados gráficos.

O movimento dos jogadores também foi capturado em ambientes reais, permitindo a melhora do sistema de animações e o aperfeiçoamento de movimentos como a corrida, giros e a postura corporal.

Os modelos dos jogadores também forma totalmente recriados, com atenção especial para o alinhamento do uniforme e o tamanhão dos calções.

Os jogadores dos clubes parceiros que passaram pelo processo de escaneamento terão todas as suas tatuagens.

PES FORUM iniesta-pes-2018

PES FORUM camp-nou

PES FORUM estadio-borussia

PES FORUM corredor-borussia

PES FORUM tunel-barcelona

Só a nível de comparação! Real vs Virtual

Nesse tópico começaremos pelo fim, destacando o fato de que teremos uma evolução na questão “tatuagem”. Também muito comentada no lançamento do PES 2017.

Mesmo ainda não sendo que muitos desejam, parece que teremos as tatuagens nos jogadores dos times parceiros. Levando em consideração o fato de que para que isso seja possível, torna-se necessário o escaneamento dos jogadores, não tem como a Konami aplicar essas mudanças para todos os jogadores do game. 

Portanto, tal procedimento só será feito com esses parceiros. E mesmo assim, acho que só com os principais parceiros (Barcelona, Borussia e Liverpool).

Particularmente, não me importo muito com essa questão da tatuagem, mas entendo perfeitamente que muita gente gosta e faz questão que tenha. 

Fiquei mais feliz com as outras melhorais gráficas anunciadas. 

Com relação a iluminação, a Konami meio que já começou uma melhora com o PES 2017. Na minha ótica, no PES 2017 conseguimos um grande avanço com relação a diferença de iluminação entre os dois períodos (dia e noite). 

Vimos também que temos a “total recriação” dos modelos dos jogadores, que realmente, já era a hora! Seja porque, mesmo melhorando com o passar dos anos, um novo molde do corpo do jogador, dar um ar de frescor ao jogo. Muito curioso para ver isso também. 

Só fiquei triste pelo fato de que nesse tópico, não foi falado nada sobre a questão climática.

Não estou me referindo a tão polêmica neve, pois mesmo sabendo que muita gente deseja isso, particularmente, não vejo necessidade. E falo isso por um simples motivo, nem lembro mais o último jogo que assisti, com neve. Acho que fazem décadas, e olha que assisto muito futebol europeu.

Portanto, não vejo a necessidade priorizar um fator climático, extremamente raro, que por modificar todo o ambiente, deve demandar uma grande mão de obra. Acho que nesse momento, temos muitas outras prioridades. 

Mas o que fiquei triste mesmo, foi por não ter sido mencionado nada sobre o fator chuva. Mesmo havendo uma melhora do 2016 para o 2017, entendo que esse fator deva ser melhorado. E não falo só do efeito visual, mas também das consequências de jogo. Konami, era pra ter adicionado chuva, não um piso ensaboado! 

Mas ainda fico na torcida pra ver se eles, pelo menos, ajustaram essa condição de escorregamento excessivo, em ocasiões de chuva forte.

COOPERAÇÃO ONLINE

Leia também  World Tour PES 2018 - Novos Gameplays e presença de Kluivert e Mendieta

Um novo modo dedicado a partidas 2 contra 2 e 3 contra 3, com apoio a jogadores locais. Jogue com seus amigos, leve seu time ao topo ou simplesmente divirta-se com partidas casuais.

Tanta gente chorou, esperneou, quase pulou da ponte, que o tão polêmico 2 vs 2, finalmente voltou ao PES. Falo polêmico, pois não sei se lembram, mas o Adam colocou que teríamos esse modo via DLC, ainda no PES 2017. E depois acabou tendo que se retratar, pois como sabemos o modo não foi incluído. 

E como vimos aí, temos também a possibilidade de termos 3 vs 3. Pra quem não sabe, na versão offline do PES 2017, já é possível fazer partidas com 3 jogadores no mesmo time, onde cada um toma conta dos respectivos jogadores de um setor do campo (Defesa – Meio campo – Ataque). Então, no PES 2018, deveremos ter essa opção, também no modo online. 

Porém, ainda fica uma dúvida no ar, quando se diz “leve seu time ao topo”. Será que isso se refere também ao modo online? Tipo, teremos competições online, com partidas cooperativas (CO-OP)?

Lembrando que nesse CO-OP, são 2 ou 3 usuários no mesmo console. 

NOVOS MODOS E RECURSOS

O famoso modo de Seleção Aleatória retorna com novos recursos. Viva a vida de um gerente de futebol na Master Liga com torneios de pré-temporada, um novo sistema de transferências e novos elementos gráficos, como entrevistas pré-jogo e cenas dos vestiários.

Nesse ponto não tem muito o que discutir, pois “novos modos” são podem ser analisados, quando realmente vermos como funcionam. 

E mesmo achando interessante a volta da seleção aleatória de times, onde provavelmente, a Konami tenha a intenção de força os jogadores a utilizarem outras equipes. Preferiria que a Konami apresenta-se algo relacionado as disputas com base na força do time. 

Cara, é tão simples, coloca uma opção para quem escolheu time 5 estrelas, jogar contra outros times 5 estrelas. Essa simples medida, além de intensivar os confrontos com times diferentes, ajuda a divulgação dos times brasileiros. Pois o cara sabe que se pegar um time brasileiro (3 estrelas), não vai correr o risco de pegar um Real Madrid do outro lado. 

“Ah Cícero, mas eu quero jogar com o Flamengo vs Real”. Beleza, não tem problema, retira esse filtro de nível de força, assim como são os outros filtros que existem na hora de procurar adversário. 

Pode ser que tenhamos isso no jogo, mas caso não exista, mais uma vez, a Konami pisou feio na bola. 

Também já foi confirmado pela Konami, que teremos melhorias no modo Master Liga. Nessa nova versão teremos a presença dos Torneios de pré-temporada, Novo sistema de transferências, Entrevistas antes das partidas e Visão dos vestiários. 

Com relação a Master Liga, esses foram um dos itens mais pedidos pelos fãs. Entretanto, temos que esperar para sabermos qual é o nível de profundidade desses elementos. Temos que ver se foi algo significativo ou só uma “meia-sola” como dizem. 

NOVA APRESENTAÇÃO VISUAL

Nova apresentação nos menus e imagens reais dos jogadores na tela de plano de jogo e no myclub, assim como uma nova identidade visual que dá ao jogo uma atmosfera de transmissão.

Particularmente, acho que não teria a menor possibilidade de termos mais uma edição do PES como o mesmo layout de menus. Apesar de termos dado uma salto em relação ao 2016, já era a hora da Konami dar uma repaginada, que tomara que não seja apenas nas cores ou algo do tipo, mas também na estrutura dos menus.

Quanto a atmosfera do jogo, apesar de serem divulgadas algumas novas tomadas, atmosfera de verdade, só dá para sentir, jogando.

Mas já conseguimos perceber uma melhoria no nível de detalhamento da torcida. E não só na quantidade de variações de personagens, mas também na aparência dos torcedores.

INTEGRAÇÃO COM A PES LEAGUE

Dispute a PES League em novos modos de jogo, incluindo o myclub, Seleção aleatória e Partida cooperativa online.

Nesse ponto, tenho uma interrogação do tamanho do mundo.

A Konami já sinalizou que vai entrar matando no e-Sport, ninguém investe 200 mil dólares, só para o 1° da PES LEAGUE (sem contar os prêmios aos demais jogadores durantes as etapas anteriores), sem ter planos futuro para esse tipo de negócio.

Na verdade não só a Konami, mas todas as produtoras de jogos competitivos, principalmente depois do que o League of Legends (LOL) se tornou, abriram os olhos de vez para esse novo seguimento.

Então vocês sabem como funciona esse mundo capitalista, lucro, lucro, e deixa eu ver……hum….lucro!

Tenho severas críticas a Konami com relação a essa prática de liberação do myclub FREE, e a partir desse ano, a PES LEAGUE.

E tenho uma forte impressão que esse tipo de estratégia tem como base futura o e-sports. E temos que ficar de olhos bem abertos para o que o PES pode acabar se tornando, pois estamos falando de uma empresa como outra qualquer. Que tem como objetivo, acho que já falei, o lucro!

Hoje em dia, todos sabem como funcionam os jogos mobile, inicialmente são gratuitos, mas com o desenrolar do jogo, existem os itens adquiridos em loja, que facilitam a conclusão de um determinado desafio.

Não sei se todos sabem, mas LOL é um jogo gratuito, mas que arrecada fortunas, durante a vida útil do jogo. 

Não vejo nenhum problema na empresa ganhar dinheiro, mas, como felei, tem que existir equilíbrio, onde os consumidores, que de fato pagam pelo jogo, não podem sair prejudicados. 

MELHORIAS SIGNIFICATIVAS NO PC

Leia também  PES 2018 – Atualização semanal #38 – Melhores empresários Lendários

A versão para PC (Steam) passou por melhoras substanciais em gráficos e conteúdo, chegando ao nível de qualidade hoje encontrado nas plataformas da atual geração.

Essa é outra novela que parece ter chegado ao fim. Finalmente a Konami abriu os olhos de vez e percebeu que só ela sairia perdendo, não deixando a versão de PC, compatível com o potencial da plataforma. E digo mais, no PC a galera usa uns MODs “violentos”, e não se assustem em ver uma versão de PC, muito mais polida que as versões para consoles. 

O termo MOD vem de MODificação. São programações feitas e aplicadas no próprio jogo, que acabam acrescentando alguns elementos, dando ao jogo alguns outros possíveis recursos. 

Mas também não podemos deixar de citar que é nessa plataforma, onde temos os maiores vazamentos de conteúdos. Muitas das vezes, o conteúdo já está no jogo, porém, para que a empresa possa lança-lo mais para frente. Conteúdo esse que acaba sendo vazado, justamente usando a versão pra PC. 

Talvez a Konami tenha feito diferente dessa vez, e não deu brecha para que isso aconteça, falei TALVEZ!…kkk. 

Ela tinha mais que liberar mesmo, pois que realmente compra o jogo de forma oficial, não pode pagar pelos erros de alguns. 

Lembrando que essa igualdade em relação a versão do PS4, em termos de recursos, tem um preço. E esse preço também se equivale a versão do PS4. Geralmente a versão para PC, sai com um preço mais em conta, mas não é esse o caso.

PES 2018 virá em duas versões:

 – A primeira trata-se de uma versão especial do Barcelona.

– A segunda é a versão padrão, que custa mais barata.

Abaixo, temos os respectivos preços de PRÉ-VENDA, para cada uma dessas duas versões, considerando o tipo de mídia (física ou digital). Lembrando que dependendo da plataforma, temos diferentes bônus de pré-venda.

Algo que ainda não temos é a lista de conteúdo para cada uma das plataformas. Sabemos que nos últimos anos, havia uma diferença em relação ao PS4 e XBox ONE para as demais plataformas.

Mas como podemos observar no quadro abaixo, mais uma vez, a versão do PS4 é a que trás mais conteúdo bônus.

Os preços da versão de pré-venda, estão praticamente os mesmos do ano passado. A versão para PS4, por exemplo, na pré-venda, continuará custando R$ 199,00.

 

PES 2018 – PS4

PES FORUM bonus-ps4

PES FORUM edição-ps4

Algo que também é exclusivo do PS4, são os temas de tela que varia de acordo com a versão adquirida (Barcelona ou padrão).

PES FORUM tema_pes2018

PES FORUM tema2-pes2018

PES 2018 PS3

PES FORUM bonus-ps3

PES 2018 – XBOX ONE

PES FORUM bonus-xbox-one

PES 2018 – XBOX 360

PES FORUM Xbox-360

PES 2018 – PC

PES FORUM bonus-PC

Como devem ter percebido não temos nada relacionado ao sistema online, algo que na minha opinião é tão importante quanto a tudo que foi listado até o momento. Nem mais, nem menos importante, mas igualmente importante.

E não é novidade para quase ninguém, que não teremos servidores online. Porém, segundo o próprio Adam Bhatti, esse não é o motivo dos lags e desconexões existentes nos modos online.

E que mesmo se utilizando de um sistema de transferência de dados, P2P, o jogo pode ter um melhor desempenho online, otimizando a programação do mesmo.

O problema é que isso foi o discurso do ano passado, e não duvido que se perguntarmos o mesmo, esse ano, também teremos uma resposta semelhante.

“Isso quer dizer que teremos os mesmos problemas onlines do PES 2017?”

Acho que é melhor me perguntar se “Bolsomito”, ou quer dizer, Bolsonaro será o próximo presidente do Brasil.

Mas é claro que não podemos tirar conclusões precipitadas, pois são apenas as primeiras informações.

Lembrando que um dos maiores eventos de games vai acontecer a partir do dia 10 de Junho. E a Konami além de já ter confirmado sua presença, também confirmou que teremos mais informações sobre o game, neste evento. Inclusive, o trailer completo do Teaser que está abaixo, será divulgado durante a própria E3 (13 de junho).

Então fico feliz em ver que estamos caminhando para um futuro, onde diversos elementos combinados, proporcionarão uma jogabilidade mais variada possível. E tomara que realmente a Konami queira seguir o “caminho da luz”, deixando cada vez mais, os comandos pré-definidos, onde já sabemos o resultado final, de lado. Futebol é o que é, em função da grande dose de imprevisibilidade, e é isso que a Konami tem que se apegar.

Outra coisa que me deixa contente é que pela primeira vez a Konami não ficou fazendo muito mi mi mi, abrindo espaço para muitas especulações. Mesmo assim, na minha opinião, ela pecou em ainda não divulgar uma nota em relação aos servidores, como também, não já detalhar de cara, o que estará presente em cada plataforma, em termos de conteúdo. Mas como falei, são só as primeiras informações.

Mas enfim galera, o post de hoje foi um dos mais trabalhosos desde o início do blog. Em função das inúmeras informações, tinha que ver com calma o que de fato é informação e o que não passa de rumor ou especulação.

Mesmo não perdendo muito tempos com esses rumores e ou especulações, tenho que lê-los, para chegar a conclusão que não valia a pena perder tempo. Mas no final das contas, acabo perdendo…rsrs.

Inicialmente, também pensei em fazer um vídeo, mas o teaser é muito curto, e para não tirarmos conclusões precipitadas, acho melhor esperar um pouco mais. Mesmo assim, acho que ficou claro no teaser, a nova modelagem dos jogadores, como também o bom trabalho de iluminação, animação e é claro, as tatuagens nos corpos de alguns jogadores.

Mas digam aí o que acharam e quais as suas expectativas para o que está por vir.

Gostou? Deixe seu Like e compartilhe nas redes sociais!