Então a franquia passa a se chamar eFootball PES 2020?

Com a divulgação das primeiras informações, a KONAMI confirma o rumor de que o próximo game da franquia, terá o nome de eFootball PES 2020.

Isso mesmo meus amigos, PES agora passa a ter outro nome, eFootball PES 2020.

Para quem ainda não está ligado, o zagueiro do Barcelona, Gerard Piqué, é dono da empresa de eSports, eFootball. No PES 2019 o atleta decidiu entrar contudo nesse mundo competitivo dos games.

Gerard Piqué deu a largada na Liga eFootballPro no PES 2019

No entanto, mesmo sendo um campeonato de alto nível, tendo os melhores jogadores de PES de Europa e excelente organização. O engajamento das pessoas nesse ano de estreia, não foi dos melhores, muito pelo contrário.

Como pouco mais de 1 mil inscritos em seu canal oficial, e uma média de cerca de 5 mil visualizações mensais. Não seria nenhum exagero, dizer que o evento foi um “fracasso”.

Mas muito cuidado nesse momento, quando falo em fracasso, estou levando em consideração todo o potencial do que o evento pode alcançar.

E nunca é demais lembra que, obviamente, a própria franquia PES tem sua parcela de culpa, na baixa adesão dos fãs.

Mas como falei, o Piqué parece mesmo determinado a tocar o negócio.

E é nesse senário que ocorre a atual “fusão” entre a franquia PES e o eFootball.

Na minha opinião, isso demonstra a influência que a empresa eFootball, passou a ter tem sobre a franquia. Afinal, não é por qualquer coisa que uma franquia tradicionalíssima como a do PES, cede o espaço para uma determinada empresa, ao ponto de seu nome vir antes mesmo do nome da própria desenvolvedora do jogo.

E em segundo lugar, isso também demonstra o rumo que a KONAMI pretende tomar, definitivamente. O eSports!

Aos mais otimistas, isso pode significar um maior investimento no serviço online, em virtude do maior apelo no eSports.

Já para os mais pessimistas, isso pode nos levar a uma certa descaracterização da franquia. Pois como falei, não é por qualquer coisa, que uma empresa como a KONAMI, decide divulgar outra empresa, nesses moldes.

“Ah Cícero, você está sendo muito saudosista!”

Pode ser! Mas tento observar essas coisas, com uma visão de futuro. Até porque, a KONAMI não costuma tratar o presente da forma como deveria, pelo menos no meu entendimento.

É só lembrarmos como foi feita a política da versão Lite nos últimos 3 anos.

Acredito que esse ano, a KONAMI só divulgou a versão Lite de forma antecipada, justamente por conta da parceria com o eFootball.

Enfim, tenho meu receio no que isso pode nos levar.

Mas quer ver uma coisa que me faria ficar menos com o pé atrás? Se essa parceria significa-se melhorias substanciais no sistema online do PES 2020. Isso sim me faria dar mais um voto de confiança a parceria.

Mas é isso galera, o que acham dessa mudança? Na opinião de vocês, até que ponto isso vai contribuir para o crescimento e fortalecimento da franquia PES? Pois no final de tudo, é isso que importa!

Você pode gostar...