PES 2019 – Dortmund desfaz acordo e quebra parceria com a Konami

Parceria firmada desde PES 2017 entre Konami e Borussia Dortmund,  foi quebrada pelo time alemão, e time não fará mais parte do game em sua próxima edição (PES 2019).

Em nota surpreendente, a Konami divulgou a seguinte nota:

A KONAMI e o Borussia Dortmund tinham um contrato de licença com relação ao uso dos logotipos, jogadores, estádio e outras características do Borussia Dortmund nos produtos KONAMI até junho de 2020. No entanto, este acordo foi prematuramente encerrado pelo Borussia Dortmund. KONAMI não incluirá logotipos, jogadores, estádio e outros recursos do Borussia Dortmund em “PRO EVOLUTION SOCCER 2019”.

A Konami ainda segue dizendo que continuará correndo atrás de novas parcerias com clubes e ou ligas.

Pois é, a Konami cuidou logo de esclarecer a questão, tendo em vista que já havia material de divulgação do PES 2019, contendo imagens do estádio do Dortmund.

Além da Capa do post, temos essa imagem abaixo.

PES FORUM PES_2019_dortmund_estadio

Realmente é uma pena, principalmente pelo fato do Dortmund ser um time emblemático do futebol alemão; ser uma das poucas licenças exclusivas no PES; ter também seu estádio (Signal Iduna Park) fielmente reproduzido no jogo; e ser, junto com o SCHALKE 04 e LEIPZIG, uma das 3 licenças alemãs que estão presentes no game.

Mas como já é de costume, quem acompanha o blog sabe que não gosto de ficar chorando o leite derramado.

Como falei, infelizmente era uma licença importante, que aparentemente fazia parte do plano estratégico da Konami de investir no mercado alemão, através de um time de massa.

No entanto, o time quebrou o contrato que iria até 2020. E imagino eu, que esse tenha uma boa cláusula rescisória, “punindo” aquele que descumpriu o combinado.

Leia também  FC Schalke 04 junta-se a Konami e ao eFootball, no eSports

E como a konami falou no final da nota, assim como aconteceu com a Champions, talvez essa seja mais uma oportunidade de guinada para outros horizontes.

Entretanto, devo confessar que, a essa altura do campeonato, não sei se algo tão simples assim. Por que falo isso?

Não duvido nada que essa quebra de contrato não tenha dedo da concorrência. O Dortmund não iria quebrar o contrato, sem nada a vista!

Falo isso, não com um sentimento infantil de que a EA pode ter feito uma proposta para Dortmund, boa o suficiente para motivar a quebra de contrato. Capitalismo é isso mesmo, quem não sabe brincar, não desce pro play.

Mas minha consideração está mais relacionada ao fato de que, se realmente tem o dedo da EA, muito provavelmente, ela poderia tê-lo feito com o intuito de diminuir as chances de expansão da Konami, para os grandes mercados do futebol.

Dessa forma, mesmo que a Konami leve uma boa grana da multa rescisória (caso ela exista, mas creio que sim), em termos de liga, o negócio fica complicado, pois muito provavelmente os contratos entre as duas produtoras (Konami e EA), com suas possíveis respectivas ligas, já devem ter sido firmados.

Só resta agora, a possibilidade da Konami buscar uma outra parceria com outro time emblemático do futebol mundial. Mas mesmo assim, caso isso aconteça, a questão do estádio continuará pendente.

Não sei se lembram, mas quando a Konami anunciou a inclusão do Signal Iduna Park, ela falou que existe todo um trabalho para capturar detalhes do estádio, para que esse possa ser bem reproduzido no jogo. Resumindo, a inclusão de um novo estádio, parece demandar um enorme trabalho, e não sei se a Konami conseguiria fazer isso a tempo do lançamento. O próprio estádio do Dortmund veio via DLC.

Leia também  PES 2018 – Atualização semanal #39 – Evolução tripla e a espera do PES 2019

Mas enfim, bola pra frente, e mais uma vez vamos ver o que a Konami fará com essa “possível multa”.

E aí, o que acharam da notícia? Na opinião de vocês, qual o time que a Konami deveria firmar uma parceria prêmio e trazer seu estádio?

Nota oficial

Gostou? Deixe seu Like e compartilhe nas redes sociais!